Acesse sua conta

Esqueceu a senha?

Ver seu carrinho de compras

Loja

A partir da reflexão de Pasolini, de que “uma pausa na luta” é também a possibilidade de “reavaliação da luta”, este ajuntamento de poetas e poemas se propõe a reinventar a luta, como uma deriva suspensa do tempo e da história, tentando dizer outras coisas, algumas esperanças contra o diletantismo das circunstâncias atuais. Como reavaliar a vida com força e sem tanto luto, propondo apenas uma filigrana de pausa na luta?

Esta obra é também um esforço para que se entenda que a pausa, como aponta Pasolini, não é uma mera paralisação diante da luta, que é, por sua vez, sempre imensa e infinita – “De cada qual, segundo suas capacidades; a cada qual, segundo suas necessidades”, é a conhecida e reconhecida frase de Karl Marx –, mas sim que ela pode ser lida muito mais como uma retratação da ideia sempre modelar de que as transformações são uma locomotiva da história, também de Marx, para um sentido mais perto de Walter Benjamin, de que as transformações mais radicais advêm de uma humanidade capaz de puxar os freios de emergência da história. Ou seja, contra o modelo, as modulações; contra as formas, as forças. Por fim, que as poetas e os poetas que aceitaram com alegria e leveza estar aqui possam sugerir a cada outro “tomar consciência dos termos reais dessa luta” e “lutar livremente”.

Clique e baixe o arquivo gratuitamente:
FORMATO PDF

POESIA

Mais detalhes

Dados técnicos

Formato: Brochura
Capa: Imagem de Ana Flávia Baltisserotto, da série Desenho dos dias
Revisão: Júlia Studart
Páginas: 120
Dimensões: 140 x 210 x 7mm
ISBN versão digital: 978-65-86464-16-0
ISBN versão impressa: 978-65-86464-18-4

Sobre o autor

Author

Manoel Ricardo de Lima

Professor do PPGMS e da Escola de Letras, UNIRIO. Publicou, entre outros, "Falas Inacabadas" [com Elida Tessler], "Pasolini: retratações" [com Davi Pessoa], "Geografia Aérea","Entre Percurso e Vanguarda - alguma poesia de P. Leminski", "A forma-formante: ensaios com Joaquim Cardozo", “As Mãos”, "Jogo de Varetas" e "Maria quer o mundo". Organizou “A visita” [com Isabella Marcatti] e “A nossos pés”. Co-dirigiu “Só tenho um norte:” e é co-roteirista do longa-ficção “LINZ – quando todos os acidentes acontecem” [direção Alexandre Veras]. Coordena a coleção Móbile de mini-ensaios [Lumme Editor] e coordenou a edição da obra completa de Ruy Belo no Brasil [7Letras].

Olá, cadastre seu email e receba descontos e novidades.

 

* obrigatório