Acesse sua conta

Esqueceu a senha?

Ver seu carrinho de compras

Os improvisos do doutor Blanc

 _Nos 70 anos de Aldir Blanc, Mórula lança coleção Aldir 70

 _Série reunirá cinco livros de crônicas do escritor e compositor Aldir Blanc em edições especiais com capas ilustradas pelo cartunista Allan Sieber

 _Dia 19 de novembro serão lançados os dois primeiros livros
da coleção – “Rua dos Artistas e arredores” e “O gabinete do doutor Blanc”

No ano em que Aldir Blanc, um dos principais letristas da música brasileira, completa 70 anos, a Mórula presta sua homenagem levando ao público um apanhado de sua obra em prosa. A coleção Aldir 70reúne novas edições de livros já clássicos do escritor e duas obras inéditas.Uma nova edição de Rua dos Artistas e arredores (lançado em 1978 pela Codecri) e o inédito O gabinete do doutor Blanc: sobre jazz, literatura e outros improvisos abrem a coleção. O lançamento será no dia 19 de novembro, no Rio de Janeiro. Completam a série uma nova edição de Porta de Tinturaria (Codecri, 1981), uma edição ampliada de Vila Isabel, inventário da infância (Relume Dumará, 2000) e um livro com textos publicados em jornais e revistas nos últimos 10 anos.

Editado pela Codecri, editora do jornal O Pasquim, a primeira edição de Rua do Artistas e arredores reúne textos publicados no semanário a partir da primeira contribuição de Aldir, no Natal de 1975, com a crônica Fimose de Natal. Selecionados e organizados pelo próprio autor, contam histórias de personagens que habitaram sua Vila Isabel, precisamente a Rua dos Artistas, onde viveu até os 11 anos. A nova edição conta com quarta capa escrita por Jaguar e uma cronologia detalhada da vida do autor.

O gabinete do doutor Blanc: sobre jazz, literatura e outros improvisos taz textos inéditos em livro e revela um lado menos conhecido do autor: sua paixão por jazz e livros policiais. Retratados em crônicas (ou “improvisos”), foram publicados originalmente na extinta revista virtual Notícia e Opinião, o No Ponto. Editor de cultura da revista à época, Paulo Roberto Pires abre o livro com um ensaio sobre a produção dos textos que recebia e levanta a dúvida: “mas, afinal, o que publicávamos semanalmente? Resenha certamente não era. Crônica? Um pouco, às vezes. Muito sofisticados para serem rotulados ‘conversas’, demasiado informais para ganharem a etiqueta de ‘ensaios’, esses textos são mesmo improvisos”.

No primeiro texto da coletânea Aldir escancara sua paixão: “jazz é vício. Não tem essa história de flertar com o lance, brincar com o material, dar uma cafungadinha e voltar, são e salvo, para o aprisco (bééé!) familiar. Jazz é feito paquerar a cunhada, passar a mão na mulher do amigo, beijar no elevador a colega de trabalho: começa leve, mas deixa cicatrizes profundas”.

Luis Fernando Verissimo assina a quarta capa do livro e resume a relação do escritor com o gênero musical: “Aldir não é apenas um ouvinte de jazz. É um erudito na matéria, embora disfarce sua erudição com a leveza e a criatividade que se espera de qualquer texto seu, musicado ou não”.

Outro detalhe da série que merece destaque são as capas. Toda a coleção Aldir 70 será ilustrada por Allan Sieber. Sobre essa empreitada e o autor, é sintético: “Aldir Blanc é um gênio recluso. Eu sou um idiota recluso. (Não) nos encontramos na reclusão. Uma honra fazer uma capa para um mito”.

_Sobre o autor:

Aldir Blanc é compositor, escritor e médico psiquiatra por formação. Nasceu no Estácio, passou parte da infância em Vila Isabel e hoje vive na Muda, Tijuca. É parceiro de diversos compositores da música brasileira como Guinga, Moacyr Luz e Paulinho da Viola. Além de João Bosco, parceiro com quem mais compôs e com quem recebeu o Prêmio Shell de Música de 2004, pelo conjunto da obra dos dois. Publicou, entre outros, os livros “Rua dos Artistas e Transversais” (Agir, 2006), “Brasil passado a sujo” (Geração Editorial, 1993) e “Um Cara bacana na 19ª” (Record, 1996). Foi colunista dos jornais JB, O Dia e atualmente colabora com O Globo.

_Lançamento

DIA: 19 de novembro (sábado)
HORÁRIO: 14h

LOCAL: Al-Fárábi
Rua do Rosário, 30
Centro – Rio de Janeiro – RJ
ENTRADA GRATUITA

_Informações

COLEÇÃO ALDIR 70

  • AUTOR:
    Aldir Blanc
  • EDITORA:
    Mórula Editorial

VOLUME 1:
Rua dos Artistas e arredores

  • FORMATO:
    192 páginas – 15 x 21 cm
  • PREÇO DE CAPA:
    R$ 38,00
  • ISBN:
    978-85-65679-45-9

VOLUME 2:
O gabinete do doutor Blanc:
sobre jazz, literatura e outros improvisos

  • FORMATO:
    108 páginas – 15 x 21 cm
  • PREÇO DE CAPA:
    R$ 36,00
  • ISBN:
    978-85-65679-46-6

_Assessoria de imprensa: 

Marianna Araujo
marianna@morulaideias.com.br
(21) 99173-1947

Vitor Castro
vitor@morulaideias.com.br
(21) 98187-7533

Olá, cadastre seu email e receba descontos e novidades.

 

* obrigatório