Acesse sua conta

Esqueceu a senha?

Ver seu carrinho de compras

Loja

Capa_Escravos

Caroline Couto investiga como o bloco carnavalesco Escravos da Mauá tornou-se um fenômeno que chegou a atrair 20 mil pessoas em seus desfiles e mais de 2 mil nas rodas de samba às sextas-feiras no Largo de São Francisco da Prainha. A autora analisa a relação do bloco e de seus integrantes com a região Portuária do Rio de Janeiro, antes conhecida por sua degradação e história. Seguindo as pistas das pedras pisadas do cais, o Escravos foi crescendo ao invocar o passado da região, reinventando a tradição e reafirmando uma ideia de cidade que passa pelo encontro e afeto. Caroline segue a mesma trilha para, através da história do Escravos, entender o próprio contexto urbano que lhes serve de pano de fundo e força motriz.

CARNALVAL, RIO DE JANEIRO, SAMBA

Mais detalhes

Dados técnicos

Brochura
Revisão: Rogério Amorim e Zeh Gustavo
Ilustração [capa] : Eloar Guazzelli
Páginas: 180
Dimensões: 148 x 210 x 12mm
ISBN: 978-85-65679-43-5

Sobre o autor

Author

Caroline Peres Couto

é doutoranda em ciências sociais pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e mestre em antropologia pela Université de Montreal (UdeM), Canadá, se interessa por temas que envolvem cultura e política, consumo, performance e emoções. Publicou La culture comme ressource dans le Port de Rio de Janeiro: des groupes de samba et de carnaval au sein d'un processus de réaménagement urbain (Éditions Universitaires Européennes, 2015).